Algumas coisas que você provavelmente não sabia sobre o judogui

Quando se fala em artes marciais logo se pensa em um homem ou uma mulher vestindo uma roupa branca com uma faixa colorida na cintura. Talvez não fosse bem assim se o judô de Jigoro Kano nunca tives…

Fonte: Algumas coisas que você provavelmente não sabia sobre o judogui

Publicado em Brazilian Jiu-jitsu | Deixe um comentário

Can The Knees Go Over The Toes? (Debunking Squat Myths)

Mitos sobre o Agachamento!!!

OSS.

Squat University

Welcome back to Squat University. Last week we discussed the myth that squatting deep is dangerous for the knees. After looking into what actually happens at the knee joint we were able to debunk this misconception. Healthy athletes can perform the squat to full depth without worrying about hurting their knees given proper training methods. We should all feel free to squat ass-to-grass as long as correct technique is used and we don’t max out every day.

Today I want to tackle another common myth of the squat. There is a strong held belief by many that the knees should never go over the toes when squatting.

Just last week, I was guest lecturing to a class of physical therapy students at the University of Missouri. I asked a simple question, “How many people here think we should never have our knees go past the toes while squatting? Following my…

Ver o post original 1.397 mais palavras

Publicado em Brazilian Jiu-jitsu | Deixe um comentário

Debunking Squat Myths: Are Deep Squats Bad For The Knees?

Squat University

The squat is a staple exercise in almost every resistance-training program. Today athletes of all ages and skill levels use the barbell squat to gain strength and power. However, a good amount of controversy still exists on its safety. There are many opinions when it comes to optimal squat depth. Some experts claim squatting as deep as possible (ass-to-grass) is the only way to perform the lift. Others believe deep squats are harmful to the knees and should never be performed. So who should we believe?

History 101

To start, we need to discuss where the fear of deep squatting originated. Let’s take a trip back to the 1950’s. We can trace the safety concerns with the deep squat back to a man by the name of Dr. Karl Klein. The goal at the time was to understand the reason behind the rise in number of college football players sustaining…

Ver o post original 1.881 mais palavras

Publicado em Brazilian Jiu-jitsu | Deixe um comentário

O CrossFit é Bom ou Mau?

Uma reflexão!

Functional Performance Training

url

Já há algum tempo que pretendia escrever sobre o CrossFit e o estudo que vai ser publicado brevemente sobre os potenciais beneficios deste tipo de treino no VO2 máximo, na composição corporal e na incidência de lesões, foi aquilo que precisava para tornar isso possível e partilhar convosco aquilo que penso sobre este assunto.

Em primeiro lugar, vamos tentar contextualizar as coisas e perceber o que é o CrossFit.

Segundo a página oficial deste movimento e as referências existentes na Wikipedia, o CrossFit Inc. nasceu como uma empresa fundada por Greg Glassman e pela sua ex-mulher Lauren Glassman, por volta do ano 2000 nos EUA. Dada a sua crescente popularidade no mundo do fitness, este movimento (também conhecido por cross training) tornou-se numa abordagem ao treino físico um pouco diferente daquela que a maioria das pessoas está habituada.

Traduzindo isto por miúdos, o CrossFit consiste num programa funcional de…

Ver o post original 1.524 mais palavras

Publicado em Brazilian Jiu-jitsu | Deixe um comentário

Federação Baiana de Esporte Escolar

Federação Baiana de Esporte Escolar.

 

Salvador está sendo palco do Brasileiro Escolar de Natação

 

 

Mais uma vez o desporto escolar está brilhando no cenário nacional e revelando jovens talentos para o Brasil. Desde ontem (11/11), diversos atletas/estudantes, de várias partes do País, estão reunidos em Salvador-BA, disputando o III Campeonato Brasileiro Escolar de Natação – Seleção – 2014, que segue até hoje (12/11), no Colégio Salesiano Dom Bosco, localizado na Avenida Paralela.  O evento está sendo promovido pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), por meio da Federação Baiana de Desporto Escolar (FEBRE).
“O nível da competição está altíssimo, sendo bem disputada pelos participantes que cravaram boas marcas no primeiro dia e prometem fazer ainda melhor durante as provas de hoje. Ontem, a Bahia atingiu a segunda colocação no quadro geral, masculino, perdendo apenas para o Distrito Federal, o que representa um grande incentivo para os nossos atletas, que atualmente não contam com piscina olímpica na capital baiana” salientou o Presidente da Federação Baiana de Desporto Escolar, Ari Souza.
Além dos baianos, também estão marcando presença no Brasileiro, vários nadadores de Minas Gerais, São Paulo e do Distrito Federal. No primeiro dia do campeonato, o quadro absoluto final (masculino) foi fechado com o seguinte resultado: Distrito Federal (1° lugar), Bahia (2° lugar), São Paulo (3° lugar) e Minas Gerais (4° lugar). Já no feminino a classificação foi diferente com: São Paulo (1° lugar), Minas Gerais (2° lugar), Distrito Federal (3° lugar) e Bahia (4° lugar).  As provas que fecharão o evento terão início às 15h, dessa quarta-feira (12/11), no Colégio Salesiano Dom Bosco. A entrada do público é gratuita.

Publicado em Educação Física | Marcado com , , | Deixe um comentário

Meu Jiu-jitsu vem daqui! OSS.

Linhagem.jpg

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Muito além das aulas de educação física – CRESCER | Por Uma Infância Mais Saudável

 

Muito além das aulas de educação física

Por que as atividades esportivas extracurriculares são importantes e o que fazer quando seu filho quer desistir delas

 

Por Malu Echeverria – atualizada em 22/09/2014 17h18

ioga; familia (Foto: Thinkstock)

Sessenta minutos de exercícios diários, de moderados a intensos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, é o mínimo que as crianças (de 5 a 17 anos) precisam para melhorar a capacidade cardiorrespiratória, fortalecer ossos e músculos e combater a obesidade. A ênfase é nos exercícios aeróbicos, que vão desde brincadeiras e jogos à prática esportiva. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos mostra que menos da metade dos jovens daquele país segue a orientação. No Brasil, não há estatísticas. Mas a maioria das escolas oferece apenas duas aulas de educação física por semana e as crianças já não brincam mais nas ruas por questões de segurança.

Uma alternativa, nesse contexto, são as aulas extracurriculares que envolvem movimento. “Para um ser humano em pleno desenvolvimento do sistema neuromotor, a estimulação é determinante”, acredita o professor de educação física Rafael Kanitz Braga, mestre em Ciências do Movimento Humano e docente da PUC-PR. Ele destaca que é importante incorporar as atividades físicas desde a educação infantil, sejam espontâneas ou direcionadas, para que elas se tornem rotina na vida adulta.

E se ele não quiser ir mais à aula?

Na infância, as aulas, tanto na escola quanto as extracurriculares, têm de ser lúdicas – as regras são incorporadas para valer somente após o 3º ano, em geral. “São uma iniciação ao esporte e não treino”, alerta Pâmela Santi, professora de educação física do Colégio Joana D’Arc, em São Paulo. Por isso, o ideal é que a criança escolha o que mais lhe atrai. Opções não faltam! Atualmente, os tradicionais futebol, judô, balé e natação estão perdendo espaço para outras atividades como circo, capoeira, yoga, entre outros. Os pais podem fazer sugestões, obviamente, só não vale insistir para o filho praticar um esporte que vá satisfazer apenas a eles: a atividade tem de ser prazerosa e motivadora para a criança.

Além das aulas regulares de educação física na escola, dedicar duas horas por semana da agenda à prática esportiva já basta. Afinal, seu filho também precisa ter tempo para se exercitar, brincando de outras coisas. Se ele, entretanto, chora para ir à aula, pede para mudar de curso com frequência ou até finge que está doente no dia, é um sinal de que algo não vai bem. De acordo com Pâmela, antes de brigar ou, pior, obrigar a criança a ir à aula, melhor descobrir a razão. “Pode ser que ele tenha se desentendido com um amigo ou que a escola esteja forçando demais”, diz. Vale a pena respeitar a vontade do seu filho caso ele queira desistir, oferecendo outras opções de exercícios. Pode ser que ele até peça para voltar, dali a um tempo. Insistir demais, entretanto, aumenta as chances de frustração–sem falar naquele trauma de ser o último a ser escolhido, sabe?– e, assim, de ele fugir dos esportes no futuro.

Muito além das aulas de educação física – CRESCER | Por Uma Infância Mais Saudável.

Publicado em Educação Física | Deixe um comentário

Você é talentoso?

“Pessoas talentosas sem disciplina não vão a lugar algum”

(Royce Gracie)

Publicado em Brazilian Jiu-jitsu | Deixe um comentário

Thank You Coach – CrossFit Commercial Spot – YouTube

Thank You Coach – CrossFit Commercial Spot – YouTube.

Vídeo | Publicado em por | Deixe um comentário

Assista a “ADCC 2013 Highlight” no YouTube

Publicado em Brazilian Jiu-jitsu | Marcado com , , | Deixe um comentário